Blogger Template by Blogcrowds

Eclipse

«Ao mesmo tempo que Seattle é assolada por uma série de mortes inexplicáveis e um malicioso vampiro continua a sua busca por vingança, mais uma vez Bella encontra-se rodeada por perigo em Eclipse, o terceiro volume da saga de Luz e Escuridão. No centro de tudo, ela é forçada a escolher entre o seu amor por Edward e a sua amizade com Jacob, sabendo que a sua decisão poderá atiçar a luta intemporal entre vampiro e lobisomem. Com o final do liceu a aproximar-se rapidamente, Bella tem mais uma decisão a tomar: vida ou morte. Mas, qual é qual?»

"Eclipse", o terceiro volume da saga Luz e Escuridão da escritora Stephenie Meyer é, tal como o nome indica, um verdadeiro obscurecimento literário. Custa-me ser cruel para um livro, e para um escritor, que dá a cara por uma obra, mas realmente pouco de positivo posso dizer.
Stephenie Meyer parte de um ideia fabulosa, e fica claramente encalhada na ideia de que pode ganhar dinheiro com esse facto.

O primeiro livro, "Crepúsculo" é adorável. O segundo livro, "Lua Nova", é um verdadeiro enche-chouriços, mas claramente ultrapassável pelo facto de existir um 3º livro, onde esperamos que a saga se desenrole. Este 3º livro, é um erro. Toda a história deste volume podia perfeitamente ter sido desenvolvida em 250 páginas, e nas 350 restante, podiamos ter visto alguma acção verdadeira.
Uma coisa é certa: o livro tem um tom carinhoso. As personagens dão-se a conhecer de uma maneira que não aconteceu em mais nenhum livro, e há uma ternura difícil de explicar ao longo do volume, que lhe dá alguma graça, e que o safa de ser um verdadeiro escândalo!

Não estou arrependida de o ter comprado, mas era claramente de evitar, se soubesse o que sei hoje!
Infelizmente, presa como estou à história, não vou conseguir resistir a comprar o 4º livro, esperando que compense o dinheiro, o tempo, e a paciência que me levaram este dois últimos volumes da saga...

13 comentários:

Eu gostava de comprar a saga.

As opiniões são todas diferentes: uns adoraram, outros mais-ou-menos, outros uma perda de tempo. Acabarei por o ler, mas nem sei bem o que esperar...

A ideia da autora parece mesmo boa, acho que a história pode original. Não é por nada, mas Stephenie Meyer foi considerada uma das 100 pessoas mais influentes do mundo, pela "Time". =/

Continuo interessado, mas já tenho um pé atrás em relação aos livros...

segunda-feira, junho 02, 2008 8:14:00 da tarde  

Desta vez não comento:) Não vou comprar e também nunca li o autor!

segunda-feira, junho 02, 2008 10:08:00 da tarde  

Já li os dois primeiros volumes e fui menos simpática do que tu na opinião sobre eles. Tenho a sensação que ainda vou ficar pior impressionada que tu em relação a este terceiro livro. Mas o mais estranho é que, apesar de não ter achado os livros nada de especial em termos de escrita ou de história (com a ideia inicial podia ter escrito uma GRANDE série), é uma leitura viciante.

PS: Ouvi dizer que o terceiro volume é muito mauzinho em termos de gralhas...

segunda-feira, junho 02, 2008 11:11:00 da tarde  

Esta saga não é o meu género, mas, mesmo que fosse, teria de pensar muito bem se me interessaria. As tuas críticas e da Canochinha não me costumam desiludir e ambas parecem decepcionadas com a história/autora. É pena quando somos confrontadas com um livro menos bom, parece que o tempo não foi bem gasto... e tendo em conta que há tanto para ler, o tempo tem de ser contadinho.

terça-feira, junho 03, 2008 10:43:00 da manhã  

Tenho acompanhado a saga de Meyer e assim que sair em Agosto o quarto livro comprá-lo-ei mesmo sabendo que poderá não adiantar muito a estória (como o terceiro não o fez). Não é o estilo de escrita que prende, nem a estória, mas algo intrínseco que não consigo identificar.

Outras sugestões: http://www.memoriasdeareia.wordpress.com

quinta-feira, junho 05, 2008 12:08:00 da tarde  

Alô!

Estou a ler agora o Eclipse, e estou a desesperar; o livro é realmente secante.

Acho que vou saltar da página 270 para a 570, e sempre consigo poupar-me a mais momentos entediantes..

Espero que o 4º seja melhor.

Miaus!!!
Bxn

quinta-feira, junho 19, 2008 2:58:00 da tarde  

Uma amiga minha está lendo o primeiro, e me encantando com alguns relatos. Estava tentada a ler a saga, mas pelo visto, não é tão bom quanto imaginava...
Pode ser que até leia mesmo assim, pq adoro sagas, embora tenha lido a Saga dos Foxworth (não sei se conhece) e também me aconteceu algo parecido. O primeiro livro (O Jardim dos Esquecidos) é perfeito! O segundo livro (Pétalas ao Vento) é bom, mas o terceiro e quarto (Espinhos do Mal e Sementes do Passado) são TERRÍVEIS, a autora poderia muito bem ter terminado no segundo livro e a história seria perfeita, mas... insistiu em continuar...até o quinto livro (Jardim de Sombras), este que não li, tenho em casa, mas não me senti tentada a lê-lo =/

Se tiver interesse, fiz um post a respeito:

http://lyani.wordpress.com/2007/07/07/trecho-de-livro-4/

bjos

sexta-feira, julho 18, 2008 2:57:00 da tarde  

Eu também vou sofrer do mesmo mal, apesar de não ter apreciado especialmente este volume vou ter de comprar o 4º para saber como a história acaba.

sábado, outubro 18, 2008 10:08:00 da manhã  

Com vista a dar “voz” aos novos autores, o Portal Lisboa estabeleceu uma iniciativa única, no campo da criação literária portuguesa.

Neste sentido, o Portal Lisboa vai apadrinhar duas colectâneas literárias, uma de Poesia e outra de Contos Literários, a serem editadas pela Chiado Editora.

Gostava de ver os seus textos publicados por uma editora de prestígio? Tem aqui a sua oportunidade!

Descubra mais no site: www.portallisboa.net

quarta-feira, novembro 05, 2008 5:14:00 da tarde  

Bom-dia,

Queria convidar-vos para visitar o blogue chocolateparaalma.blogs.sapo.pt, dedicado aos romances femininos publicados pela ASA. Participem! Vamos ter vários passatempos para vocês.

sexta-feira, novembro 28, 2008 11:09:00 da manhã  

Simplesmente chocante como nos habituámos a desprezar a inteligência ao longo da nossa História !
Numa época em que a nossa auto-estima nacional anda pelas ruas da amargura, tomo a liberdade de lhes reenviar uma súmula de uma obra

que identifica os motivos das nossa amarguras e constrangimentos. Recomenda- se a sua leitura, urgente e obrigatória, a todos os cidadãos, sem limite de idade ou ideologia. Não receiem corar de vergonha.
Trata-se de "O Grande Livro dos Portugueses Esquecidos", um inventário do "Portugal lá fora", singular e surpreendente, que revela um rosário de vidas
excitantes e exemplares de Portuguesesque não tiveram lugar no seu próprio país por intolerâncias de vária ordem.
É em simultâneo um diagnóstico das causas dos nossos atrasos seculares e uma homenagem
a tantos ilustres compatriotas que a nossa memória colectiva não reconhece.

Passem palavra no vosso blog. Incendeiem as consciências.



Saudações,

Joaquim Fernandes

domingo, janeiro 04, 2009 3:35:00 da tarde  

estes livros fazem lembrar as novelas da tvi, são más como ó caraças, mas a verdade é que tem milhões de espectadores, quer seja por ver porque gostam ou para falarem mal e há os que não as vêem e dizem logo que são más (situo-me nestes lol), mas a verdade é que li os dois primeiros e até me dá uma dor intestinal ao ler que os outros ainda parecem bem piores, quando se pensava que "bolas o pior já passou, por isso é que há continuação",afinal não! A autora tem agora um novo livro host, independente da saga, não sei se é bom ou não, mas acho que é um factor positivo que a saga vai acabar nos 4, pois como andaram a gabar que a saga tinha "eclipsado" o harry potter (em sonhos!) ainda pensei que quisesse chegar aos 7, lá perto, ou ainda mais, para o nosso bem, acho que acabou, agora só nos enfadamos com os filmes (que eu espero que seja bom...tou com boas expectativas mas se o primeiro filme for mau que é baseado no pimeiro, então sendo o melhor livro, de acordo com a crítica blogária geral, não há guião que se agarrando aos outros sobreviva...excepto pelos fanáticos adolescentes que os devoram e tb parecem ser úteis para tapar borbulhas em público:P)

sábado, janeiro 24, 2009 3:20:00 da tarde  

Eu me sinto na obrigação em dizer que o quarto livro é um lixo, também achei o primeiro fofo, mas infelizmente ao ler os outros quase tive uma crise diabética, devido a quantidade de passagens melodramáticas, mas sinceramente me decepcionei com o último, o fim da história é de acabar com qualquer simpatia que havia com Edward e Bella, ou seja, a autora teria sido mais feliz se ficasse só com os 2 primeiros livros e não tentasse esticar ao máximo a história.

terça-feira, fevereiro 24, 2009 5:22:00 da tarde  

Mensagem mais recente Mensagem antiga Página inicial